Franz Kafka

Follow by Email

Saturday, May 11, 2013

Minha Mãe (A Poem, Portuguese)



   Arrangement in Grey and Black No.1, Whistler's Mother, 1871,
James McNeill Whistler, Musée d'Orsay, Paris.

Minha Mãe


Ela està  assim, o olhar
direito para minha infelicidade:

tão triste, calado, meu eterno lar.

E eu assim, olhando para ela
de olhos baixos, pedindo desculpas
pela minha tristeza e a dela.

Minha mãe, indo me olhando a cada dia
de minha vida, tentando vasculhar
o fundo porão de minha alma sombria.

Me olhando sem falar, sem pedir 

nem nada querer, com os seus olhos
cheios de perdão, as ternas mãos fracas, 
e as minhas, que tenho medo de estender.     

Copyright © 2013 LiteraryJoint

No comments:

Post a Comment

Check out the author's bookstore to browse and purchase both printed and e-book editions!